2

SUBPROJETO

Investigando a Disponibilidade de Água Verde e Azul na Produtividade da Pastagem

O Subprojeto 2 usará dados de campo, dados de sensoriamento remoto e projeções do modelo climático do Subprojeto 1 para quantificar a disponibilidade de água verde e azul e a produtividade de pastagem para testar: (1) se a disponibilidade de água azul é uma função do tamanho da bacia, encosta e cobertura do solo e se a água verde da estação seca depende da precipitação, textura do solo, tempo de desflorestamento e taxa de lotação; (2) se o desmatamento em uma bacia hidrográfica melhora a disponibilidade de água superficial para as propriedades naquela bacia tanto na estação úmida quanto na seca; (3) se a intensificação, representada pelo aumento da densidade de estocagem, reduz a capacidade de infiltração de água no solo, resultando em mais escoamento superficial na estação chuvosa; (4) se a disponibilidade de água no solo no final da estação seca diminui conforme a composição com areia, densidade de estocagem e tempo desde o aumento do desmatamento; e (5) se a disponibilidade de água no solo está correlacionada com a vegetação não fotossintética do sensoriamento remoto.

Dados

Os dados de vazão de rios para a estimativa da água azul na estação seca virão de dados existentes e de medições de campo em pequenas bacias hidrográficas durante a estação seca. A área de cobertura das lagoas será determinada usando a interpretação visual de imagens de satélite para pequenas lagoas e com um produto criado usando imagens Mapbiomas e Landsat TM para lagoas maiores. As capacidades de infiltração e as propriedades do solo serão medidas com um simulador de chuva portátil. A umidade do solo e os dados meteorológicos serão coletados em dois locais de pastagem e serão usados ​​para calibrar e validar o modelo de superfície de terra com escala reduzida (SSiB2).

Métodos e Atividades

A disponibilidade de água verde em nível de propriedade será calculada usando o modelo SSiB redimensionado para o nível de propriedade. A disponibilidade de água azul, incluindo a descarga de córregos que drenam a propriedade e o volume de armazenamento na fazenda, será determinada, incluindo a descarga média mínima em períodos de 5, 10, 30 e 60 dias. Cada índice será calculado usando equações de regressão regionais. Dados de sensoriamento remoto serão usados ​​para documentar a condição da pastagem e testar sua correlação com a umidade do solo modelada.

Siga-nos nas redes sociais:    Instagram      Facebook      Twitter

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter

Conexões Entre Água e Produção Rural: 

Sistemas Socio-Hidrológicos em uma Fronteira de Floresta Tropical

Uma colaboração entre:

© 2019 by Salisbury University. Proudly created with Wix.com |  Terms of Use  |   Privacy Policy